sexta-feira, 8 de abril de 2011

Espancar pra valer II.

A minha mente é uma sala escura e as pessoas não conseguem enxergar a minha bondade explícita. Morram, vermes escarrados e agarrados no ódio alheio, não faço, e nunca farei, parte de vocês....

Coquetéis com pinga e molotov
nem a esquerda, nem a direita,
muito menos ao centro,
o mundo me descentraliza
o ser humano,
hospedeiro
e nada hospitaleiro
é maldito por natureza.
Cansei, fui...

POESIA PORRA!

5 comentários:

  1. Um grito de rebeldia ecoa no ar e vc não tem medo das consequências.

    ResponderExcluir
  2. Um belo tapa no papel. Bom, cara. Abração.

    ResponderExcluir
  3. Olá!!

    Recebi um selo de qualidade e devo indicar blogs que mereçam ser lidos e por isso estou te escrevendo pra te dizer que o seu foi um dos que eu considero de relevância!!! Entre nesse link e copie o selo e o poste no seu blog , siga as regras, responda as perguntas e indique outros que mereçam ser apreciados!!!
    http://do-jeito-que-sou.blogspot.com/2011/04/selo-stylish-blogger-award.html

    Abraço!!

    ResponderExcluir
  4. Olá!!

    Recebi um selo de qualidade e devo indicar blogs que mereçam ser lidos e por isso estou te escrevendo pra te dizer que o seu foi um dos que eu considero de relevância!!! Entre nesse link e copie o selo e o poste no seu blog , siga as regras, responda as perguntas e indique outros que mereçam ser apreciados!!

    ResponderExcluir
  5. Queeee....falar o quê?
    Minha emoção sente mais alto....
    Na missão, o segredo é não se render....
    Sempre haverá alguem que possa ver.
    Desabafo amplificadoOoO

    ResponderExcluir